Vitória para o Consumidor

O Supremo Tribunal Federal – STF pôs fim a uma das matérias mais controvertidas que tramitam na Corte. Foi decidido em recente julgamento que a devolução em dobro do valor cobrado indevidamente do consumidor não depende da comprovação de que o fornecedor do serviço agiu com má-fé.

Nesse sentido, fica pacificada a tese interpretada de acordo com o art. 42 do Código de Defesa do Consumidor, onde está estabelecido que o consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à repetição do indébito, por valor igual ao dobro do que pagou em excesso, acrescido de correção monetária e juros legais, salvo hipótese de engano justificável.

Escrito por Jéssica Oliveira.


#oliveiraevieiraadv  #oliveiraevieira  #oev  #advogado #advogadosalvador  #direito  #direitodoconsumidor #consumidor  #cdc  #devolucaovalor  #cobrancaindevida  #procon  #spc  #serasa  #stf  #corte  #julgamento

Compartilhe:
© Copyright - Oliveira e Vieira Advogados 2021